top of page
Picsart_23-09-14_09-31-26-480.png
InShot_20220301_173144045_edited.jpg

Siga o Portal
nas redes sociais:

  • YouTube - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

PROCURE PELOS SEUS
POSTS FAVORITOS:

______________________

Måneskin: A dominação absoluta da Europa (parte 2)

Atualizado: 28 de set. de 2022

No dia 17 de dezembro de 2020 saía a grande notícia: está confirmada a participação do Måneskin no Festival de Sanremo.


 

Por mais que o Måneskin já tivesse lançado O ÁLBUM número um de 2018 na Itália ('Il Ballo Della Vita') e lançado inúmeros singles de sucesso que renderam uma turnê europeia para o disco, eu e você sabemos que o céu não é o limite para esses quatro jovens sonhadores e determinados.


O Festival de Sanremo é o maior palco da Itália, uma vitrine absurda para os artistas em ascensão, mas sempre foi considerado um festival de músicas mais tradicionais italianas muito pop, alguns duetos, algumas baladas, mas nada de Rock – ou pelo menos, nenhum Rock bem sucedido. As próprias bandasde rock que participaram do Festival se inclinavam a tocar baladas ou músicas pop. O Festival de Sanremo é divido em 2 partes: uma competição para artistass iniciantes - em sua maioria sem gravadoras, e a competição para artistas mais conhecidos. Pela razão de o Måneskin já ter uma carreira quase consolidada, eles entraram para a competição dos famosos, ou “Big”.


Para a seleção, as gravadoras enviam as músicas e o diretor da edição atual escolhe quem entrará na competição. Além do Måneskin, outros 25 artistas foram anunciados com suas respectivas músicas. “Zitti e Buoni” foi a música enviada e escolhida e, apesar da insistência nos bastidores para não enviar tal música para a seletiva, a decisão continuou a mesma. No dia seguinte ao primeiro dia de festival, lançam o videoclipe.



O júri interno não favoreceu muito a banda, mas na votação popular eles pularam do 15ª para o 5ª preferidos pelo público, já no dia da final eles eram os 2ª melhores posicionados.


Maneskin 'Zitti e buoni' - Festival di Sanremo 2021


No dia 07 de março 2021 como disse o próprio diretor ... “Vencendo a 71º edição, uma edição histórica do Festival della canzone Italiana ... são os Måneskin”




Mas qual o prêmio do vencedor?


Além da atenção de toda Itália e a estatueta do leão dourado, o campeão tem a oportunidade de representar o país na maior competição musical da Europa: o Eurovision Song Contest.

A participação não é obrigatória, a pergunta é feita oficialmente na coletiva de imprensa no dia seguinte, e claro a resposta do Måneskin foi “Avoja” algo parecido com “certamente, sem dúvida”

Depois do estrondoso sucesso no festival, no dia 19 março de 2021 lançam o “Teatro D’Ira - Vol. 1”, que leva como a primeira faixa do disco a música vencedora - “ZITTI E BUONI”.






Mais uma aventura surpreendente


Se o Sanremo é a vitrine da Itália, o Eurovision é a de um continente inteiro.

Em 23 de março a banda se reúne para gravar o “Live on tape Backup Recording”, um vídeo para ser exibido durante o Eurovision caso algum dos membros testasse positivo para COVID-19. A direção ficou por conta de Cristian Biondani e Claudio Santucci, responsável pela coreografia da banda no palco do Eurovision.


Por ser uma competição, existiam algumas regras para que a gravação fosse justa para todas as delegações: os artistas e delegações teriam apenas 1 hora para gravar a perfomance e também teriam direito de gravá-las apenas 3 vezes, depois disso a delegação selecionaria 1 dos 3 vídeos para a produção do Eurovision.



Aproveitando o grande sucesso, nada como curtir uma ou duas versões acústicas de "Zitti e Buoni", não é mesmo?



O concurso não permite músicas com palavrões e, dessa forma, foi gravada uma versão diferente da música vencedora do Festival de Sanremo para poder concorrer no Eurovision, retirando as palavras “coglioni” e “cazzo”. O que antes era “vi conviene tocarvi i coglioni virou “vi conviene non fare più errori e “non sa di che cazzo parla” virou “non sa di che cosa parla”.


 

Em 11 de maio a banda chega a Holanda, para ensaios no palco do Eurovision e outros compromissos relacionados ao evento. Devido ao protocolo de segurança contra COVID-19, eles não podiam frequentar estabelecimentos públicos e só estavam autorizados a dar pequenas caminhadas. Os dias foram extremamente cansativos, entre várias entrevistas e ensaios, porém na grande final eles já estavam prontos para “spaccare il culo” - palavras da nossa querida Levante, no distante The X-Factor 2017 -, mesmo que


Mais emoções estariam por vir. Em 19 de maio 2021, se inicia o Eurovision Song Contest.

A Itália foi uma das fundadoras do Eurovision, então ela não precisa passar pelas fases eliminatórias: o páis entra classificado direto para a final, apesar de se apresentar nas duas fases. Porém, a banda já estava sendo uma das favoritas para a vitória mesmo antes do início da edição.


Após cinco dias de inúmeras gravações, coletivas e eliminações, chega o dia da grande final: corações a mil, zeram os placares. A Itália se encontra na 4° posição com 206 pontos do júri, é aberta a contagem para os votos do público e a Itália sobe para o 1° lugar após receber 318 votos - mas nada está definido ainda.


Ainda faltam 2 países para revelar a pontuação: a França e a Suíça. A França sobe para o 2° lugar com 499 pontos. Corações a mil. A Suíça teria que tirar pelo menos 258 para vencer.



Finalmente é revelado: A Suíça recebe 165 pontos e fica em 3° lugar.

Com isso, a Itália é a vencedora do Eurovision Song Contest 2022, após trinta anos sem vitórias do país. É o suficiente para ser considerado uma lenda, não é mesmo?



No discurso da vitória, Damiano agradece a todos e grita “Rock in Roll never dies!”, e ele tinha razão. Enquanto tudo isso acontecia, "I WANNA BE YOUR SLAVE" chamava a atenção de todos os europeus e, do outro lado do oceano, um cover da música do The 4 Seasons (que, na verdade, era um cover do cover de Madcon) gravada há 4 anos atrás pela banda, voltava com tudo, era “Beggin”.


Com grande emoção e ousando como sempre, Damiano, na apresentação da vitória canta Zitti e Buoni sem censura, e ainda emocionado beija Thomas na boca na transmissão ao vivo – e minutos depois beija Ethan.





Sexo, Drogas e Rock’n Roll?


Enquanto acontecia a contagem de votos do Eurovision, um frame rolava pela internet, onde via Damiano fazendo um gesto como se tivesse usando cocaína durante a votação. Na coletiva de imprensa um reporte francês questiona se ele estava usando drogas e Damiano explica que “Thomas quebrou um copo e eu estava juntando os pedaços”, ele ainda acrescenta “eu não uso drogas, por favor não digam isso” “por favor não digam isso, sério, sem cocaína, por favor não digam isso”.


Caso fosse confirmado o uso de entorpecentes, a Itália estaria desclassificada e o prêmio iria para a França. Devido a toda repercussão, a organização do evento começou a investigar e a banda se propôs a fazer um antidoping. Já no dia seguinte, o comunicado oficial: nenhum dos membros haviam usados drogas, a narrativa de Damiano era completamente verdadeira.




Pós Eurovision


Após a vitória no Eurovision, eles planejam rapidamente uma turnê pela Europa e, em julho, começa a turnê de divulgação eles passando por festivais e eventos na Alemanha, Holanda, Suécia, França, Polônia, República Tcheca, Bélgica, Rússia, Áustria e Reino Unido.



Além desse grande tour, eles ainda protagoniszaram a edição especial “The Pride Issues” da revista Vanity Fair, que se estendeu para ser comercializada em outros três países da Europa - devido a demanda.



E se você pensa que acabou, pode esquecer: Måneskin emplaca três músicas no Top 10 Global do Spotify: Beggin', I WANNA BE YOUR SLAVE e ZITTI E BUONI. No meio da turnê de divulgação, exatament em 04 de Julho, Beggin’ atinge o #1 Global - com mais de 7 milhões de streams.



Pelo incrível trabalho feito no Eurovision e o impacto causado, eles também receberam o prêmio “Lupa Capitolina” (reconhecimento oferecido pela cidade de Roma a seus cidadãos).




No dia 15 de julho lançam o videoclipe de “I Wanna Be Your Slave”, sendo um sucesso total. E, menos de um mês depois, em 6 de agosto de 2022, um remix dessa mesma música em um featuring com a lenda do rock, Iggy Pop - que se convidou para regravar a música com a banda.


Para a surpresa de todos os membros da banda, em 27 de setembro começa a venda oficial dos ingressos para a turnê "Loud Kids On Tour", anunciada alguns dias antes. Os ingressos esgotaram em pouco mais de uma hora, e o Måneskin disse ter apostado que esgotaria em, no mínimo, uma semana:



A turnê foi remarcada para 2023 e ganhou datas em 2022 para a América do Norte, América do Sul e, na Ásia, para o Japão.



No dia 07 de outubro, sai o novo single - “MAMMAMIA”, a música foi feita apenas 3 dias após o Eurovision e é uma crítica da banda tanto às acusações feitas tanto pela França quanto aos julgamentos dos espectadores durante a participação deles no Eurovision.







 

Se você curtiu o conteúdo desse post, não deixe de conferir estes e outros conteúdos (legendados e informativos) no nosso canal do YouTube, e nas demais redes sociaisdo Portal Måneskin Brasil.

405 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page