top of page
Picsart_23-09-14_09-31-26-480.png
InShot_20220301_173144045_edited.jpg

Siga o Portal
nas redes sociais:

  • YouTube - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

PROCURE PELOS SEUS
POSTS FAVORITOS:

______________________

Trajetória: Summer Tour (2021)


Desde a vitória no Eurovision Song Contest, a agenda do Måneskin se tornou uma loucura e eles não pararam em praticamente nenhum momento.

Com os compromissos revelados após a vitória, a tour de divulgação pela Europa agora tinha seu roteiro perfeitamente roteirizado com a conquista desse posto tão importante. Ao contrário do que muitos pensam, não seria a primeira vez que o Måneskin rodaria a Europa: em 2019, a etapa europeia da turnê “Il Ballo Della Vita Tour” recorreu a Espanha, França, Suíça, Alemanha, Bélgica e Reino Unido.

 

📌 • Junho, Alemanha.

A primeira parada dos nossos rockstars veio a ser na Alemanha, para um compromisso até então secreto – que veio a ser a estreia da banda no TikTok, aplicativo que já tinha ajudado a viralizar a música “I WANNA BE YOUR SLAVE”, com performances ao vivo exclusivas.

A livestream foi assistida por mais de um milhão de espectadores simultaneamente, apenas o vídeo do anúncio da live possui mais de trinta milhões de visitas no aplicativo.




Além da live no TikTok, o Måneskin também foi fotografado para a capa da revista Alternative Press, em fotos totalmente estonteantes:


A banda ficou dois dias na Alemanha, e já partiu para um novo destino.

 

📌 • Junho, Países Baixos / Holanda.

Primeira vez do Måneskin na Holanda, essa é para comemorar de pé!

E artista que se preze tem que se manter na mídia. Então, a banda visitou os Países Baixos para uma série de entrevistas exclusivas com rádio NP3OFM, que você pode conferir no nosso canal do YouTube:



 

📌 • Junho, Suécia.

Can you hear a million voices calling out in the rain? Porque eu consigo!


A banda visitou a Suécia para uma participação no festival Lotta på Liseberg, onde receberam o disco de ouro por “Zitti e Buoni”. Porém, outra faixa do álbum ‘Teatro D’Ira - Vol. 1’ começava a tomar destaque, “I WANNA BE YOUR SLAVE” nem sonhava em ser single, e já tinha conquistado o coração das pessoas, estava na boca do povo e cantavam à plenos pulmões!

Só dê o play e confira esse coro:



Afinal, você sabe que sua música é um sucesso quando todo mundo canta ela, não é?


Além da apresentação no festival, o Måneskin atendeu diversos fãs e compartilhou diversas fotos no parque de diversões que rodeia o evento, e gravou diversas entrevistas em um evento com a FAZ Magazin.

 

📌 • Junho, França.


Após as controvérsias envolvendo a mídia francesa, obviamente a França não poderia ficar de fora.

Quase finalizando o mês de Junho, a participação em um programa francês era inevitável. Dessa forma, o Måneskin foi entrevistado e apresentou performance de duas músicas no programa ‘Quotidien’.



 

📌 • Junho, Polônia.


Fechando a aventura no mês de Junho, a Polônia deu o que falar.

Acompanhados pela ilustre coletiva de imprensa que acompanhou a summer tour, Måneskin foi anunciado como um dos artistas a se apresentar no Polsat Festival – festival de música televisionado na Polônia.


Com a performance no festival, Måneskin aproveita a visibilidade para protestar em prol dos direitos básicos a população LGBTQIA+, com um beijo entre Thomas e Damiano, um ato que vai contra as imposições do governo polonês - que a muito tempo impõe restrições severas a homossexuais.

Aqui você tem acesso ao discurso legendado do protesto:



 

📌 • Julho - Agosto, Alemanha.


Voltamos ao início, mas não completamente!

Iniciando o mês de julho, Måneskin se apresentou para novos compromissos na Alemanha, entre eles um programa de televisão e um showcase espetacular.

Primeiramente, as duas grandes performances de “Zitti e Buoni” e “I Wanna Be Your Slave” no Schlag den Star, programa alemão.


No que diz respeito ao showcase, a qualidade foi totalmente entregue – apesar da curta duração. Foram 16 minutos de muita música e de performances impecáveis, além de uma entrevista exclusiva.

 


📌 • Agosto, República Tcheca.

Prontíssimos para mais um festival!

Dessa vez a banda participou do Rock For People Hope, na República Tcheca, onde recebeu o certificado de Ouro por ‘Zitti e Buoni’ e o certificado de platina por ‘I Wanna Be Your Slave’.

Um show incrível, sem igual.


 

📌 • Agosto, Bélgica.

Seguindo sua turnê pelos festivais mais badalados da Europa, Måneskin tinha presença confirmada no Ronquières Festival, na Bélgica. Este se tornou apenas um dos shows mais icônicos da banda até o momento da publicação desse artigo (e não se aceita opiniões contrárias)

Motivos:

1 – Damiano se jogando no público

2 – Thomas fazendo seu solo pertinho da plateia

3 – Victoria de Angelis

4 – Primeiro show em que os fãs foram chamados no palco

5 – Fã gritando LIVIDI SUI GOMITI em seu próprio idioma




Ainda na Bélgica, eles receberam o disco de Ouro por “Zitti e Buoni”, e Victoria disse que aquela era a placa de vendas mais bonita que eles já tinham recebido.

 

📌 • Agosto, Polônia.

Achou que eles não iam voltar? Achou errado, eles estão de volta a Polônia!

E sim, para mais um festival (dessa vez, sem protestos)

Durante a segunda estadia no país, a banda também recebeu os discos de platina de “Zitti e Buoni” e “I WANNA BE YOUR SLAVE”, sem muitas cerimônias. Eles voltarão ao festival em 29 de junho de 2022.

Confira algumas fotos do Måneskin durante sua participação no Open’Er Festival: