top of page
Picsart_23-09-14_09-31-26-480.png
InShot_20220301_173144045_edited.jpg

Siga o Portal
nas redes sociais:

  • YouTube - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

PROCURE PELOS SEUS
POSTS FAVORITOS:

______________________

Måneskin detona no Madison Square, Responde à Manchete Polêmica e Encerra Setembro em Grande Estilo!

Acompanhe essa montanha-russa de emoções com o Måneskin e não perca nenhum detalhe dessa jornada incrível!


E aí, galera? Espero que todos estejam tão empolgados quanto eu com as últimas novidades do Måneskin! Olha que esse mês de Setembro rendeu hein!😅

Foi um ano em um mês! 🔥


Fiquei um pouco afastada da coluna, observando tudo o que estava acontecendo com a banda, mas agora estou de volta para compartilhar com vocês todas essas emoções.


https://galeria.portalmaneskin.com

Quem diria que depois de "Honey (Are u Coming?)" ainda teríamos mais surpresas! Segue o fio, que vamos relembrar tudo.


A primeira delas aconteceu no primeiro show da Rush Tour em Hannover, Alemanha, no dia 03/09. De repente, no meio da setlist, lá estava ela: "Driver," uma nova música! A reação dos fãs, incluindo a minha, foi de...WTF?

Outra música? Single? Que setlist é esse? Outro álbum? Mais dois covers? IWBS duas vezes? O que deu nessa banda? Cabeça de caqui!

Eram tantas perguntas chegando, nas redes, no twitter, em nossas cabeças que eu resolvi parar e simplesmente assistir os acontecimentos, pensava: "deve existir uma estratégia maior para isso, não é possível, oremos"


De cara, me apaixonei pela música,❤ não somente eu, como grande parte dos fãs! As dúvidas ficaram no ar, com a torcida de que esse seria mais uma capítulo de sucesso para o Må.

Confere o vídeo legendado de The Driver em nosso Instagram.


A banda realmente não parou de nos surpreender. O VMA chegou e a performance de Honey (are u coming?) foi simplesmente épica, esse ano sem mamilos da Vic,🤣(sorry Vic) e quem poderia esquecer do beijinho voador da Taylor Swift para o Damiano? Foi demais e ele estava tão focado na performance que não se tocou. No dia seguinte, entendeu a benção e agradeceu a rainha, menino educado, gosto! Olha aqui ele falando sobre a Taylor!

Voltaram pra casa com o prêmio de Melhor Rock com "The Loneliest", que delícia foi ver o levar esse prêmio, quer dizer, ver não né? Porque a MTV fez a palhaçada de não transmitir a premiação, receberam o prêmio nos bastidores. Poxa MTV, essa não engolimos hein! Eles mereciam estar no palco, o Rock merecia isso!


Falando em Rock, Måneskin é a última banda de rock? Eles não aguentam mais essa pergunta, estou vendo a hora que o Damiano vai atacar com uma resposta bem afiada, bom, ele já deu algumas.🐱‍👤

Estou falando do título do The New York Times, chamando-os de "A última banda de rock".

A banda ficou feliz com a matéria, mas não ficou nada satisfeita com a manchete que só serviu para trazer uma onda de haters, bom, estamos acostumados e eles, cada vez mais afiados.


Eles não se consideram a última banda de rock e não gostam de rótulos. Em uma entrevista ao Audacy Music (via Rock Celebrities), Damiano abordou o conteúdo da reportagem de forma equilibrada:


"Foi uma grande declaração do The Times. Eu sabia que chegaríamos lá desde o início. É difícil responder de forma que não pareça maldosa. Claro, gostamos do que foi escrito no artigo porque fala bem de nós e ficamos lisonjeados, mas, ao mesmo tempo, esse é nosso trabalho, e nós trabalhamos nessa indústria."


A reação do público não foi positiva, e muitos responsabilizaram o Måneskin pela manchete. Damiano foi claro ao afirmar que não concordavam com a afirmação do New York Times:


"Quando lemos a manchete, sabíamos que isso aconteceria. E que algumas pessoas ficariam ofendidas. A única coisa que não entendo é por que algumas pessoas estão nos responsabilizando. Não escrevemos o artigo e não concordamos que somos a última banda de rock."


Por fim, LACRIANO, como carinhosamente chamamos, alfinetou a mídia pela forma como a frase foi tirada de contexto:


"Acredito que o público em geral pode não entender isso, mas as pessoas que trabalham na indústria não deveriam reagir da mesma forma. Vocês podem ser mais inteligentes do que isso. Eu sei que podem fazer isso. Eu realmente acredito em vocês, confio em vocês."


Confira no vídeo, a entrevista ao Audacy Music, onde Damiano fala sobre a matéria do The New York Times! Claro deixei no ponto certo, para vocês!❤



E não para por aí! Tivemos mais surpresas emocionantes, começando pelas fotos icônicas de Damiano e Ethan em Nova York, andando pelas ruas de roupão! Yes, as irmãs Olsen (New York Minute)




No dia 15 de Setembro, a agitação em torno do Måneskin continuou em Nova York. Os fãs receberam uma convocação emocionante para se encontrarem na porta do hotel da banda. Era uma sexta-feira ensolarada, e a empolgação estava no ar. Mas, afinal, o que mais eles poderiam aprontar? A resposta veio de forma surpreendente.

Nada menos que um show surpresa na icônica Times Square! O Måneskin, sempre pronto para surpreender, apareceu nas ruas movimentadas de Nova York. E, para completar a cena, Damiano estava usando uma camisa à la "bixeiro" ou Agostinho Carrara (desculpa Dami, mas essa referência foi irresistível).








A banda entregou uma performance arrebatadora, entoando quatro músicas que levaram a galera presente à loucura. A equipe do Portal, claro, enlouqueceu, tivemos um trabalho frenético para buscar cada momento e compartilhá-lo nas redes sociais. Ser fã deles nessas horas pode não ser fácil, mas é uma montanha-russa de emoções que vale a pena cada segundo! Confere as fotos aqui!




Foi legal demais, ver eles na Times Square! E a Vic comentou como foi essa experiência! Dá o play ao lado!


Será que chegamos ao ápice desse mês insano? Bom veremos!

No dia 21/09 SOLD OUT, no Madison Square Garden, teve até homenagem a Amy Winehouse com "Back to Black" e um cover sensacional de Kendrick Lamar.

Mais uma vez, eles rejeitaram o título de "última banda de rock". Damiano lembrou da manchete que os chamou assim e ironizou:

"Nós não podemos ser a última banda de Rock… mas talvez possamos ser a primeira banda de Rap."


Mandaram muito bem com HUMBLE, agradando até os namorados que foram ao show acompanhar as fãs!


Em entrevista para iHeartRadio Canada a Vic disse:



"Toda vez que tocamos, eu olho para multidão. Havia esses casais, as namoradas que são fãs, e trazem seus pobres namorados, que estão simplesmente parados lá, e toda vez que essa música começar a tocar, YEAHHH! E eles começam a enlouquecer.

É uma boa música para os namorados"




Acreditem ou não, a banda ainda tinha mais surpresas reservadas!


Desde que "Beggin'" viralizou de forma insana em 2021, eles sempre encontram maneiras de nos surpreender.

Måneskin simplesmente anunciou uma nova edição do álbum "Rush!" com faixas inéditas, marcada para o próximo dia 10 de novembro.

A notícia foi divulgada nas redes sociais da banda em uma quarta-feira (27), e nós? Bem, estávamos preparados, medicados e quase usando camisa de força de tanta empolgação (risos). A nova versão incluirá cinco faixas inéditas, incluindo o single atual "Honey (Are u Coming?)", além de músicas já conhecidas pelo público, como "The Driver", que entrou no setlist da nova turnê. "Valentine", "Off my face" e "Trastevere" também fazem parte do álbum, cuja arte será renovada, trazendo uma versão provocativa.


A reedição estará disponível em diferentes formatos, incluindo CD Standard, CD Deluxe, que inclui o "Loud Kids Journal" - um álbum de fotos exclusivo de 152 páginas com fotos de fãs -, LP duplo formato padrão em vinil preto de 180 gramas, LP duplo formato padrão "splatter" e LP duplo formato padrão em vinil transparente. "Rush!", lançado em janeiro de 2023, alcançou o topo das paradas em 15 países e ficou entre os cinco primeiros em 20 nações. O álbum acumulou impressionantes 1,4 bilhão de streams globais, atingindo recentemente a marca de 1 bilhão de streams apenas no Spotify. No total, os italianos conquistaram incríveis 9,2 bilhões de streams. A jornada do Måneskin continua, imparável, rumo a conquistar o público internacional.



Depois do triunfo no VMA e do show no icônico Madison Square Garden em Nova York, a turnê do disco levará a banda a arenas em toda a América do Norte e do Sul, incluindo o Brasil, Japão, Europa, Reino Unido, Irlanda e, pela primeira vez, Austrália. E o que podemos esperar de um álbum chamado "Rush"? Caos, movimento, flow - tudo faz sentido! Aqui estamos, mais uma vez, sendo surpreendidos pela criatividade e versatilidade do Måneskin. Mesmo que eu tenha hesitado em escrever este texto com medo de perder alguma novidade, é essa imprevisibilidade que torna a jornada com a banda tão emocionante. Eles têm o dom de nos surpreender quando menos esperamos. Com isso, encerro este capítulo da nossa jornada com o Måneskin, ansiosa por mais música, mais shows e mais surpresas. Fiquem ligados, porque essa banda incrível está apenas começando sua trajetória, e nós estaremos aqui para acompanhar cada passo desse emocionante caminho. Até breve!



104 visualizações0 comentário

Kommentit


bottom of page